Notícias

DESEMBARGADORES ERIVAN LOPES, SEBASTIÃO MARTINS E EDVALDO MOURA TENTAM SOLUCIONAR A GREVE DOS SERVIDORES DO JUDICIÁRIO.

 

O Presidente eleito do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, Des. Erivan Lopes, o Corregedor Geral da Justiça do Estado do Piauí, Des. Sebastião Ribeiro Martins e o Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, Des. Edvaldo Pereira de Moura, se reuniram na tarde de ontem (08/03), com os representantes dos Servidores do Judiciário piauiense - SINDSJUS  e os representantes do Oficiais de Justiça e Avaliadores do Piauí - SINDOJUS, com a intenção de promoverem uma solução amigável visando solucionar o dissídio e consequentemente acabar com o movimento paredista.

Após ouvirem os representantes das categorias, Suas Excelências acima nominadas se comprometeram em discutir os pleitos dos servidores com o atual presidente do TJPI, com vistas a construírem uma nova proposta para as categorias, cuja proposta, uma vez apresentada, será levada para discussão e apreciação pelas categorias.

Destarte, a categoria dos Oficiais de Justiça deverá permanecer em greve, concentradas no acampamento do movimento na capital e nos fóruns das comarcas do interior, seguindo as recomendações e deliberações da entidade sindical.

Em razão da decisão monocrática de Sua Excelência José Francisco do Nascimento, relator do Dissídio coletivo de greve orientamos o seguinte:

1-      ADVERTE: decisão judicial não se discute: CUMPRE-SE e RECORRE-SE. Portanto devem os suscitados (SINDOJUS e SINDSJUS), através de seus dirigentes, bem como os demais membros da categoria continuarem se abstendo de ocuparem qualquer prédio público e de impedirem o acesso de quaisquer pessoas às repartições públicas.

2-      ORIENTA: quanto à determinação contida no item “a”, primeira parte, faz-se necessário uma reunião entre os sindicatos com a categoria para se traçar as diretrizes visando o cumprimento da determinação, mas sem perder de vista o direito legal e constitucional do movimento grevista.  Contudo, em razão do SINDOJUS e do SINDSJUS, na tarde de ontem (8/03), terem sidos chamados para uma reunião com o Presidente eleito do TJPI, Des. Erivan Lopes, o qual, acompanhado do Excelentíssimo Senhor Corregedor Geral de Justiça, Des. Sebastião Ribeiro Martins e do Excelentíssimo Senhor Des.. Edvaldo Pereira de Moura, demonstrou interesse de negociar uma solução amigável para a resolução  desse conflito, havendo, inclusive, a real possibilidade de apresentação de uma nova proposta para a categoria, o SINDOJUS orienta à categoria  que continuem mantendo a mesma quantidade mínima de servidores trabalhando, da mesma forma e para fins estabelecidos na lei de greve, conforme orientação anterior do SINDOJUS, até ulterior deliberação, ou até findar o prazo de 48 horas estipulado no aludido  despacho.

IMPRIMIR
Comentarios

Nome:

Email:

Código*
cdigo captcha

Comentario: