Notícias

ATA DA REUNIÃO DA COMISSÃO ELEITORAL E REPRESENTANTES DAS CHAPAS

 








COMISSÃO ELEITORAL

ATA DA REUNIÃO

Aos 27(vinte e sete) dias do mês de abril de dois mil e dezessete, às 09h:00min, na sede do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Piauí – SINDOJUS/PI, localizado na Rua Mato Grosso, nº. 415, bairro Cabral, Teresina-PI, compareceram os membros da comissão eleitoral, Sr. Francisco de Assis Gomes Campelo, Sra. Josilene Nobre de Sá Arrais e Sr. João Edson Gomes Moreira Neto. Representando a CHAPA 1 – NOVOS TEMPOS - os membros, Sr. Elisiário José da Silva Ferreira e Sr. Tadeu Sinimbu Santiago Viana. Representando a CHAPA 2 – AÇÃO, RESPONSABILIDADE E ÉTICA - os membros, Sra. Mary Janne Gonçalves Nery Machado e Sr. Stanley Brandão de Oliveira Filho. Iniciada a reunião o membro da comissão eleitoral, Sr. Francisco de Assis Gomes Campelo, colocou como pauta a ser discutida a situação da possibilidade de disponibilizar meios para o exercício do voto pelos filiados nas comarcas do interior. Para tanto, apresentou ata da assembleia geral extraordinária do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores realizada no dia 18 (dezoito) de junho de 2013 onde restou deliberado e aprovado por unanimidade a obrigatoriedade da Comissão Eleitoral em dispor de mecanismos, seja físico ou tecnológico, que garantam o exercício do voto pelos filiados das comarcas do interior. Dada a palavra aos representantes da CHAPA 1, estes se manifestaram contrários à disponibilidade de meios que permitam o voto dos filiados das comarcas do interior, alegando ausência de norma estatutária específica, bem como que se estaria alterando regras já no andamento do certame.  Concluíram que somente eram favoráveis a votação dos filiados na Comarca de Teresina, com disponibilização de somente 01 (uma) urna na sede do sindicato. Com a palavra, os representantes da CHAPA 2 propugnaram pela disponibilidade de votação nas comarcas do interior e que diante da omissão do estatuto, a comissão eleitoral, baseada inclusive na decisão da referida assembleia, poderia regulamentar o procedimento, nos termos do artigo 68 do Estatuto vigente. Diante da proposta, o membro da Comissão Eleitoral, Sr. Francisco de Assis Gomes Campelo, propôs que, diante da inviabilidade de se disponibilizar meios de votação em todas as comarcas, sugeriu que se disponibilizassem, pelo menos, nas principais comarcas do Estado, como: Bom Jesus, Floriano, Parnaíba, Picos, Piripiri, Campo Maior. Novamente com a palavra os representantes da CHAPA 1 foram totalmente contrários, afirmando que não há amparo estatutário e que a decisão da Assembleia não tem valor jurídico. Após exaustivos debates, não havendo mais manifestações dos representantes das chapas, diante do impasse das propostas, para não haver questionamentos futuros e maior acirramento no pleito eleitoral, restou decido pelos membros da comissão eleitoral que nesta eleição (triênio 2017/2020) somente seria disponibilizado a votação na sede do sindicato, dando por encerrado a presente reunião.

 

JOÃO EDSON GOMES M. NETO

 

FRANCISCO DE ASSIS G. CAMPELO

 

JOSILENE NOBRE DE SÁ ARRAES

IMPRIMIR
Comentarios

Nome:

Email:

Código*
cdigo captcha

Comentario: