Notícias

SINDOJUS discute com Presidente do TJ assuntos de interesse da categoria.

 

Diretores do SINDOJUS/PI estiveram reunidos, na manhã de hoje (23/08), com o Presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, Des. Erivan Lopes, para tratarem de pleitos da categoria.

A Diretora Presidente do SINDOJUS/PI, Mary Janne G. Nery Machado, abordou diversos assuntos pertinentes à categoria, dentre os quais, o preenchimento dos cargos vagos com a convocação dos concursados; concurso de remoção; projeto de agregação das comarcas e suas consequências para o Oficial de Justiça; e estruturação das salas dos Oficiais de Justiça na capital e interior.

O presidente do TJ assegurou que os pleitos serão devidamente analisados, enfatizando que todos os atos de sua gestão, que venham a interferir na vida funcional do servidor e implicar na melhoria da prestação jurisdicional serão apresentados e discutidos com as entidades. Afirmou que a convocação dos concursados somente se dará após a conclusão do Programa de Aposentadoria Incentivada e analise, pela administração, da necessidade de Oficiais de Justiça nas comarcas, sendo precedida de concurso de remoção.

Na oportunidade, a diretora presidente do SINDOJUS abordou a questão relacionada a compensação de horas trabalhadas referente  ao ponto facultativo decretado pela portaria nº. 1726/2017 (8 de setembro), do qual estabeleceu procedimento que prejudica severamente o cumprimento dos mandados. Asseverou que a categoria regularmente já trabalha além de sua jornada estabelecida por lei e não recebe qualquer tipo de compensação  por isso, e que o procedimento adotado somente cria obstáculos à realização das diligências.

O presidente do TJ afirmou que iria reunir-se com sua equipe de assessores para debaterem o assunto e buscarem a melhor forma para não prejudicar o regular andamento processual e eficiência na prestação jurisdicional.

Por fim a Presidente do SINDOJUS/PI agradeceu a sensibilidade da gestão do TJ/PI em ter acatado pedido do sindicato em relação a unificação dos valores pagos a título de indenização de transporte, encaminhado no projeto de reestruturação que se encontra na Assembleia Legislativa do Piauí. 

IMPRIMIR
Comentarios

Nome:

Email:

Código*
cdigo captcha

Comentario: