Notícias

Março Lilás

 

Texto de autoria de Cleanto Luz:

MARÇO LILÁS – CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

@dr.cleantoluz

 

O Câncer do Colo do Útero é causado pela infecção persistente por alguns tipos de vírus oncológicos de Papilomavírus  Humano (HPV). Dentre os HPV de alto risco oncogênico, os tipos 16 e 18 estão presentes em 70% dos casos de câncer do colo do útero, já os HPV 6 e 11, encontrados em 90% dos condilomas genitais e papilomas laríngeos, são considerados não oncogênicos. Destaca-se que estas alterações podem ser facilmente detectadas no exame preventivo citopatológico (Papanicolaou) que ocorre, geralmente, no exame de rotina nas Unidades Básicas de Saúde e atinge altas taxas de cura quando detectada e tratada no início.

Vale ressaltar que é o terceiro tumor maligno mais frequente nas mulheres – atrás apenas do de mama e do colorretal – e a quarta causa de morte por câncer entre a população feminina no Brasil, de acordo com o O Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Causa e Fator de Risco

A causa mais frequente, conforme acima descrito, é o HPV , tipo 16 e 18 e os fatores de risco mais relevantes são: início precoce da atividade sexual, múltiplos parceiros, histórico de verrugas genitais, tabagismo e pacientes com doenças imunossupressoras.

Prevenção

O uso de preservativo durante as relações sexuais é fundamental para diminuir o risco de transmissão e infecção pelo papilomavírus humano.

O exame Papanicolau deve ser feito em mulheres de 25 a 64 anos de idade que já tiveram relação sexual, conforme diretriz do Ministério da Saúde. Em relação à frequência, ele explica que precisar ser realizado a cada três anos, após dois exames normais consecutivos no intervalo de um ano.

Atualmente, existe a vacina contra o HPV. Ela é indicada para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos, além de pessoas que vivem com HIV e indivíduos transplantados na faixa etária de 9 a 26 anos. A vacinação é medida preventiva, não sendo eficaz contra infecções ou lesões por HPV já existentes. Acessível na rede privada e aconselhada por especialistas até os 45 anos de idade para mulheres e homens.

A vacinação, o uso de preservativos em todas as relações sexuais e a realização periódica do exame preventivo são as medidas indicadas para prevenção do câncer de colo de útero.

Saiba mais sobre a vacinação em adultos em https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-adulto.pdf.

Sintomas

Os sintomas são corrimento vaginal amarelado com odor desagradável, sangramentos menstruais irregulares e sangramento após a relação sexual, além de dores na região do baixo ventre. Nos estágios mais avançados, a paciente pode apresentar dores pélvicas de forte intensidade, anemia, dores em região lombar, alterações miccionais e no hábito intestinal. Conheçam seu corpo e acompanhem qualquer alteração.

Tratamento

As opções de tratamento são: procedimentos cirúrgicos, radioterapia, quimioterapia, braquiterapia (tipo de radioterapia interna, na qual o material radioativo é inserido dentro ou na região próxima ao órgão a ser tratado) ou a combinação dessas estratégias.

O tratamento mais moderno consiste no uso de novas medicações como os anticorpos monoclonais (imunoterapia), que destroem as células tumorais e impedem que o tumor promova o desenvolvimento de vasos sanguíneos para si.

Recomendações

O método de rastreamento do câncer do colo do útero e de suas lesões precursoras é o exame citopatológico (Papanicolau) . Os dois primeiros exames devem ser realizados com intervalo anual e, se ambos os resultados forem negativos, os próximos devem ser realizados a cada 3 anos . O início da coleta deve ser aos 25 anos de idade para as mulheres que já tiveram ou têm atividade sexual, conforme Diretriz para o Rastreamento do CA de Colo do Útero.

            Mulher faça o seu preventivo!

O cuidado está nas suas atitudes! Ame-se, conheça-se e busque uma melhor qualidade de vida!

 

REFERÊNCIAS:

- CANCER DE COLO DO ÚTERO. Disponível em: <http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-colo-do-utero-entenda-prevencao-sintomas-e-tratamento/13332/7/>. Acesso em 14 março 2021.

-VACINAÇÃO EM ADUTOS. Disponível em: https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-adulto.pdf. Acesso em 14 março 2021.

- DIRETRIZES PARA O RASTREAMENTO DO CÂNCER DE COLO DO ÚTERO. Disponível em: <https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//diretrizesparaorastreamentodocancerdocolodoutero_2016_corrigido.pdf> Acesso em 14 março 2021.

IMPRIMIR
Comentarios

Nome:

Email:

Código*
cdigo captcha

Comentario: