Notícias

Câmara dos Deputados aprova inclusão dos oficiais no grupo de prioridade para vacina; Projeto segue ao Senado

 

*Matéria originalmente publicada no Sindojus/MT


O presidente da Federação das Entidades Sindicais de Oficiais de Justiça do Brasil (Fesojus), João Batista Fernandes, parabenizou todos os oficiais de Justiça pela aprovação do texto-base do Projeto de Lei 1011/20, que estabelece prioridade para 16 grupos dentro do plano de vacinação contra a Covid-19, entre eles, os oficiais de Justiça. O projeto foi aprovado ontem (31.03), na Câmara dos Deputados e segue para o Senado.

Batista esclareceu que a luta ainda não terminou e o projeto segue para o Senado - e se for aprovada a lei, seguirá para sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro. João destacou que a categoria vai continuar com a mesma luta no Ministério da Saúde, para que haja vacina.

Para João Batista, o problema não é apenas estar inseridos no grupo prioritário, mas sim ter vacinas disponíveis para isso. “Então, essa é a nossa luta que segue, continuaremos no Ministério da Saúde fazendo a mesma gestão que já estamos fazendo para que possamos ter efetivamente a condição de disponibilização de vacina, para sermos incluídos, não só incluídos, mas efetivamente vacinados”.

O presidente pede ajuda de toda categoria nessa segunda fase no Senado e, principalmente, aqueles que têm ligação com o seu senador, para que possam fazer gestão, para que a matéria seja aprovada com a mesma celeridade e sem nenhuma obstrução como foi na Câmara.

O presidente João Batista comenta sobre a aprovação no vídeo abaixo:
https://youtu.be/335RgmIof70

IMPRIMIR
Comentarios

Nome:

Email:

Código*
cdigo captcha

Comentario: